PROJETOS

Desenvolvemos cada projecto à medida das necessidades dos nossos clientes. Trabalhamos em Português, Alemão e Inglês

saber+  Contacte-nos AQUI                ver a lista dos nossos clientes AQUI

Projetos Atuais e Paradigmáticos

Projeto Cérebro Humano

O Projeto Cérebro Humano é um de dois projetos-bandeira do programa Tecnologias Futuras e Emergentes (FET) do Horizonte 2020. Visa acelerar o conhecimento nas áreas das neurociências, computação e medicina relacionada com o cérebro. Com início em Outubro de 2013, este projeto irá decorrer por 10 anos com um financiamento superior a mil milhões de euros. Reúne colaboradores de mais de 20 países, principalmente europeus.

 

No âmbito do subprojeto Ética & Sociedade, um dos treze que constituem o Projeto Cérebro Humano, são desenvolvidas atividades de envolvimento público visando a integração de pontos de vista externos ao projeto. Estas atividades são coordenadas pelo Danish Board of Technology Foundation que, em 2017, convidou a Mediatedomain, Lda. para promover duas consultas públicas em Portugal, uma online e uma presencial, sobre o potencial de dupla investigação da investigação sobre o cérebro.

 

Mais informações: www.humanbrainproject.eu.

CIMULACT - Citizen and Multi-Actor Consultation on Horizon 2020

Envolver toda a Europa na definição de um futuro desejável e sustentável - contributos únicos e concretos para a agenda de Investigação e de Inovação da União Europeia pelos cidadãos

 

O projeto CIMULACT envolve mais de 1000 cidadãos de 30 países europeus, juntamente com uma variedade de outros atores na definição de um futuro sustentável desejável. Num amplo e intenso processo participativo, o projeto irá fornecer uma contribuição única para as políticas e tópicos de investigação e de inovação europeias, criar diálogo e compreensão partilhada entre os atores e desenvolver fortes competências no envolvimento dos cidadãos e, assim, melhorar a Investigação e Inovação Responsáveis (IIR) na União Europeia.

 

O CIMULACT é um projeto de três anos financiado pela Comissão Europeia, com início em Junho de 2015.

 

Quem somos

O CIMULACT é composto por um consórcio de 29 membros europeus de diferentes organizações que trabalham nas áreas de avaliação de tecnologia, divulgação da ciência, inovação, investigação e consultoria, coordenados pelo Danish Board of Technology Foundation.

 

Coordenação geral em Portugal: Ursula Caser

Página do Facebook: www.facebook.com/cimulactportugal

Mais informação disponível: AQUI

OPERAs – Operational Potential of Ecosystem Research Applications

O OPERAs é um projeto de investigação europeu que visa colmatar o hiato entre a ciência dos serviços dos ecossistema e a sua aplicação prática. Integrando cientistas, investigadores e profissionais de 27 organizações diferentes, este projeto foca-se no valor do capital natural  e nos serviços providenciados pelos ecossistemas e visa mobilizar e capacitar os stakeholders para a aplicação destes conceitos na prática.

 

Envolvimento dos stakeholders

Os serviços dos ecossistemas são os benefícios que as pessoas obtêm da Natureza. Assim, para que os serviços dos ecossistemas tenham significado, é necessário que os investigadores envolvam os stakeholders. Porém, identificá-los de forma adequada e envolvê-los de forma efetiva pode ser um desafio. O envolvimento dos stakeholders é uma componente fundamental do OPERAs e em cada um dos 12 casos de estudo (designados por exemplars) têm sido envolvidos de diversas formas. No projecto OPERAs eu era responsável pela coordenação operacional do processo de participação.

 

Mais informações: www.operas-project.eu

Projeto FRUNZE35

Rethinking the Industrial Zone

Colaborative Integrated Urban Planning

 

O projecto FRUNZE35 integra-se na missão de promover a democracia do Departamento Kiev da Fundação Heinrich Böll, uma ONG pertencente ao partido alemão “Bündnis 90/Os Verdes”. Um dos vectores de actuação é organizar processos participativos de revitalização de praças e predios em Kiev, capital da Ucrânia. Em 2013 foi escolhido uma antiga fábrica devoluta e degradada num dos bairros mais tradicionais e mais centrais de Kiev, o bairro Podil. O desafio constituiu no desenho e execução de um workshop de arquitectura integrada e participada, envolvendo 16 arquitectos e urbanistas Ucranianos e internacionais com o objectivo de desenvolverem em 5 dias uma proposta coerente e comum para o local FRUNZE35.

 

O processo foi um sucesso, dando origem a uma proposta em cinco vectores de requalificação (narrativa do local, actividades a desenvolver, estrutura e equipamentos a manter e construir, articulação com o bairro e Kiev, modelo de gestão) a serem desenvolvidos gradualmente em cinco etapas.

 

Desenho do processo e facilitação do planeamento colaborativo: Ursula Caser

 

Poderá seguir o desenvolvimento futuro deste projecto, fazendo-se membro do grupo aberto no Facebook: “Friends of Frunze35”

O proprietário, Victor Voronov, mostrou-se de tal maneira convencido pela proposta que decidiu iniciar a implementação em Junho de 2013.
FRUNZE35_Final Presentation_EN.pdf
PDF-Dokument [14.7 MB]

Projeto iMediar

A missão do Projecto iMediar é construir pontes de entendimento em conflitos em ambientes multiculturais. O Projecto iMediar é promovido por uma equipa de mediadores de conflitos com formação interdisciplinar em Psicologia, Sociologia, Ambiente, Geografia, Gestão de Projectos, e Processos de Participação Pública. Interessados no papel das questões interculturais em resolução alternativa de litígios. Fornece serviços de resolução de conflitos em ambientes de interculturalidade, ou seja em organizações empresariais privadas, projectos de carácter social, organizações não governamentais, comunidades e cidadãos em geral, numa abordagem multinível. No âmbito do projecto é desenvolvido um programa de investigação em acção, construindo conhecimento através de métodos de sistematização, supervisão e ferramentas inovadoras de recolha de dados em resolução alternativa de litígios.

 

Supervisão Científica: Ursula Caser

www.facebook.com/pages/IMediar/166088616773142?sk=info

Desde 2010

Plano de Gestão da Região Hidrográfica do Tejo (PGRH) e

Plano das Bacias Hidrográficas das Ribeiras do Oeste (PBH)

Vertente Participação Pública

 

Os objectivos da vertente "Participação Pública" nestes dois planos a serem elaborados pela Administração da Região Hidrográfica do Tejo I.P. são:

  1. Promover o envolvimento e participação activa de todos os cidadãos na gestão dos recursos hídricos;
  2. Promover o diálogo entre cidadãos e administração para debate dos problemas e procura das soluções na gestão dos recursos hídricos;
  3. Criar agentes de mudança e cidadãos com responsabilidade ambiental; e
  4. Construir responsabilidades colectivas entre a administração, os actores-chave (stakeholders) e a população para a gestão dos recursos hídricos

 

Informação sobre os planos: APA - Agência Portuguesa do Ambiente

Julho 2010 até Março 2012

MARGov – Governância Colaborativa de Áreas Marinhas Protegidas

O projecto MARGov – Governância Colaborativa de Áreas Marinhas Protegidas, o projecto que ganhou o galardão Gulbenkian/Oceanário em 2008.  Este projecto visa contribuir para a conservação da diversidade biológica e cultural do Parque Marinho Luiz Saldanha, na Arrábida, apostando num modelo de governância colaborativa, em que cada parceiro se torna um agente de mudança na gestão sustentável daquela área. Objectivos específicos são:

  1. Criar espaços colectivos de debate;
  2. Assegurar diálogo/articulações entre os stakeholders institucionalizados e individuais;
  3. Desconstruir o conflito/mitos;
  4. Construir um discurso colectivo;
  5. Co-responsabilizar os participantes;
  6. Promover aprendizagens;
  7. Delinear um modelo de governância

 

Coordenação Geral: Prof. Doutora Lia Vasconcelos (Universidade Nova de Lisboa) 

Para ver o relatório final do projecto veja o site do Oceanário de Lisboa

Janeiro de 2010 até Junho de 2011

Operação Cova da Moura

Iniciativa Operações De Qualificação e Inserção Urbana Em Bairros Críticos

(Resolução do Cons. de Ministros

n.º 143/2005, de 2 de Agosto)

 

O processo de intervenção participada sócio-territorial assentou na promoção de consensualidade em todas as decisões e recorreu às seguintes  abordagens de intervenção no terreno:

 

  1. Abordagem de Interacção Activa, baseada na realização de reuniões, workshops alargados e especificos, e ainda em contactos  pessoais com elementos chave da comunidade local;
  2. Abordagem de Suporte, para aprofundar os resultados da interacção activa, fazer o tratamento da informação gerada e preparar os novos documento a serem debatidos e estabilizados assegurando a continuidade da circulação da informação e a evolução nas fases do processo;
  3. Abordagem de Paralela, para complementar a informação coligida e manter um contacto de continuidade, através da aplicação de mecanismos de reforço da participação;
  4. Abordagem de Acompanhamento Socio-Territorial, para aprofundamento, debate, estabilização e validação dos resultados.

 

www.portaldahabitacao.pt/pt/ibc/covaDaMoura

Processo Participativo: 2006

Mais Projetos

2013

Workshop Estrategias de Mercado e Colaboração da Equipa

ATEC

Workshop Biocombustíveis em Portugal   

OCCAM, Consultoria e Formação | Transportes Energia Ambiente, Lda.

Start-Up – Sensibilização Intercultural para Engenheiros

ATEC – AUTOEUROPA – VW (Wolfsburg)

 

2012

PRACTICE – Prevention and Restoration Actions to Combat Desertification/Participatory Assessment and Knowledge Transfer Workshops

LPN - Comissão da EU

Workshops: Projecto 277 – Disseminação de Boas Práticas para a Biodiversidade na Aplicação de Compromissos Agro-Ambientais

LPN

Workshop Estratégico – Supervisão e Coaching Metodológico

Clube Cinófilo do Alentejo

CEDR Inquiry into Public Inquiries – Workung Group (Consultant)

CEDR

 

2011

Workshop Palheiros da Costa da Caparica

CostaPolis, SA / FCT-UNL

ATL Mediação Escolar

Escola Alemã de Lisboa

European Industrial Engineer –Sensibilização Intercultural

ATEC

Fazer ColaBorativamenTE Cidade – O Envolvimento da Comunidade no Projecto Urbano (Workshop, Conferência e Excursão)

IHRU - Detroit Collaborative Design Center

 
2010

Workshop Renovação do Plano de Actividades – COTEC PME Inovação

COTEC

Ideias em Movimento – 2 Workshops Participativos no âmbito da Iniciativa Bairros Críticos no Vale de Amoreira

IHRU

Plano de Intervenção em Espaço Rural para o sítio de Monfurado / Projecto GAPS

BIODESIGN

WS Trienal da Arquitectura 2010 e Bairros Críticos: O Desafio de Cova da Mora

WTeamUp

 

2009

One-to-one Coaching - Preparação para o “Assessment Center para o Top-Management da Volkswagen-Group”

ATEC

Workshop ARQUIMED – Atelier de Especialistas

WTeamUp

1ª Assembleia de Parceiros Countdown 2010 – Portugal; integrado no GREENFEST

WTeamUp / ICNB

Workshop Água para a Sustentabilidade: „O Aproveitamento de Águas Pluviais”

WTeamUp

 

2008

NETWORK DSLE (Envolvimento dos Representantes dos Pais)

Escola Alemã de Lisboa

Consultoria integrada no programa “Cidadania e Marketing nas Cidades”

TECMINHO e da SETEPÉS

A Habitação em Lisboa como um Direito” – Programa Local de Habitação

Universidade Nova de Lisboa / CM Lisboa

Iniciativa “Um dia por Lisboa” - Sessões de Participação Pública

WTeamUp

Fórum de Cidadania: Cidade do Douro, Cidade do Mundo

Universidade Nova de Lisboa / CM Lisboa

 

2007

Reunião dos “European Nature Directors Meeting” no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia

WTeamUp / ICNB

European Initiative on Business and Biodiversity

WTeamUp / ICNB

Agenda 21 Local do Norte Alentejano

Universidade Nova de Lisboa / Associação de Municípios do Alto Alentejo

DouroLimpo – Douro Limpo Sempre!

Universidade de Trás os Montes e Alto Douro - UNESCO

Revisão do Oeiras XXI

Universidade Nova de Lisboa / CM Oeiras

Reflexão interactiva sobre o Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior (RJIES) e o Futuro do Instituto superior Técnico (IST) – 29.06.-31.07.2007, (38h); Lisboa

MEDIARCOM

 

2006

Revisão do PDM Odivelas

Universidade Nova de Lisboa / CM Odivelas

Transferência Estruturada de Conhecimentos – Transition Workshops

ATEC

Acção Litoral XXI

Universidade Nova de Lisboa

Sustentabilidade – Quê desafios para a Carris?

Carris / Ecoprogressos

 

2005

Focus-Group: Organismos Genéticamente Modificado

LPN

Plano Municipal do Ambiente Torres XXI

Universidade Nova de Lisboa – CM Torres Vedras

Eixo Atlântico e Noroeste Peninsular - Agenda 21 Local e Auditoria Urbana

Universidade Nova de Lisboa – SONDAXE – Câmaras Municipais

Agenda 21 Local de Esposende

Universidade Nova de Lisboa – CM Esposende

Lisboa 2015 – Requalificação Metropolitana

Comissão de Coordenação do Desenvolvimento Regional Lisboa e Vale do Tejo

 

2004

Plano Municipal de Ambiente do Barreiro

Universidade Nova de Lisboa – CM Barreiro

Logística 2010 – Que Desafios?

WTeamUp - COTEC

INTERREG  CIUMED Policentrismo através da Rede de Cidades Médias

WTeamUp - CM Vila Real de Santo António - PROFICO AMBIENTE

Encontro de Delegados do BCSD Portugal

BCSD – WTeamUp

Territórios Multiculturais – Imigrantes e Mudança Sócio-Urbanística nos Bairros das Áreas Metropolitanas

WTeamUp - Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas - Parlamento Europeu – Gabinete Portugal

 

2003

ECOPADEV „The Profile of Existing Management Systems for Local Authorities and Industrial Parks in Specific Locations in Europe“

Universidade Nova de Lisboa - UE

A Vivência Comunitária da Água – Plano Nacional para o Uso Eficiente da Água

WTeamUp

Seminário de Políticas sobre Democracia Deliberativa

Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) – WteamUp

Plano Municipal de Ambiente de Beja

Universidade Nova de Lisboa – CM Beja

 

2002

Novo Currículo Escolar – Desenvolvimento Colaborativo

Escola Alemã de Lisboa

Reflexões sobre os desafios de Desenvolvimento Sustentável para a SONAE

WTeamUp - SONAE

Discussão da Proposta da Estratégia Nacional de Desenvolvimento Sustentável

WTeamUp - BCSD

Desertificação! Que Sinais? Que Soluções

Comissão Nacional de Coordenação do PANCD - Universidade Nova de Lisboa

 

2001

LASALA – Local Authorities‘ Self Assessment of Local Agenda 21

Universidade Nova de Lisboa - UE

BASIS “Business Awareness on Sustainable Innovation Strategies

Universidade Nova de Lisboa - UE

PROBIO “Sistema de Apoio a Decisão para o Planeamento e a Gestão da Biodiversidade em Áreas Protegidas – Workshop: Parque Natural Sintra-Cascais, Que Futuro?”

Universidade Nova de Lisboa - UE

Planos Municipais de Ambiente de Torres Vedras (Torres XXI); Sesimbra (Sesimbra XXI), Santiago de Cacém

Universidade Nova de Lisboa – Câmaras Municipais